Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

AMPLIAÇÃO

Operário-PR tenta ampliar Germano Krüger para manter final da Série C em casa

Laudo com revisão da capacidade do estádio é esperado para esta segunda-feira. Clube precisa atender exigência mínima de 10 mil pessoas da CBF

Postado em 10/09/2018 às 11:07 |

(Foto: Foto: Ilustrativa)

O Operário-PR espera definir, nesta segunda-feira, a liberação do Estádio Germano Krüger para a primeira final da Série C do Campeonato Brasileiro, diante do Cuiabá. O Fantasma é o mandante do primeiro jogo, previsto para este domingo, mas a capacidade de 8.832 torcedores do estádio é abaixo dos 10 mil exigidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A diretoria alvinegra corre contra o tempo para conseguir o laudo do engenheiro, o qual será encaminhado ao Corpo de Bombeiros e, por fim, à Federação Paranaense de Futebol (FPF). Para atender a exigência, o clube pediu uma recontagem e um novo laudo ao Corpo de Bombeiros, que já foi feito.

– Nós fizemos um laudo, que já foi encaminhado ao Corpo de Bombeiros e, aprovado, precisava só o laudo do engenheiro. Na segunda-feira deve sair, e vamos resolver esse assunto. Claro que faremos o possível para trazer esse jogo para o Germano - disse Álvaro Góes, presidente do grupo gestor do Fantasma, em entrevista coletiva à imprensa após a vitória nos pênaltis contra o Bragantino, no domingo.

Góes mostrou confiança para que a situação seja resolvida e evitou falar em plano B. O presidente também destacou que o time, a torcida e a cidade merecem que a final da Série C seja disputada no Germano Krüger.

– Se não conseguirmos, a opção será em outro lugar. Se isso acontecer, não terá o que fazer. Mas acho que isso vai acontecer e o jogo será aqui, tranquilamente. A diretoria correu atrás disso faz tempo e espero que nesta segunda-feira esteja regularizado e acertado. Nossa torcida merece, tem que ser aqui. Ponta Grossa merece que uma partida dessa seja feita aqui

De olho na disputa da Série B, o Operário-PR também planeja melhorias no estádio. A previsão da diretoria é investir R$ 400 mil com mudanças no gramado, na iluminação e na estrutura do Germano Krüger, tanto nos vestiários como nos banheiros.

O jogo da volta está marcado para o outro domingo, dia 23, na Arena Pantanal, em Mato Grosso.

Fonte:

Deixe seu comentário