Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

FATALIDADE

Médico de Paranavaí morre após acidente com lancha em Porto Rico

Waldomiro Esperidião Junior passeava com a família quando a lancha em que estava passou em um local onde havia uma corda

Postado em 04/02/2019 às 11:22 |

(Foto: Corpo de Bombeiros )

O médico de Paranavaí, Waldomiro Esperidião Junior, de 44 anos, morreu vítima de um acidente com uma lancha no começo da noite deste sábado (2), em Porto Rico. Waldomiro fazia um passeio pelo Rio Paraná com familiares quando a lancha em que estava passou em um local onde havia uma corda estendida, que acabou atingindo a vítima e ocasionando ferimentos gravíssimos. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Paranavaí, por volta das 18h30, o cunhado do médico pediu apoio aos Guarda-Vidas Civis para auxiliar em um atendimento que estava acontecendo próximo ao Centro de Pesquisas da UEM (nas margens do Rio Paraná, aproximadamente 500 metros acima do Posto GVC Banestado). 

Ao chegar ao local, os guarda-vidas encontraram Waldomiro deitado na lancha e com traumatismo craniano encefálico, hemorragia e suspeita de fratura cervical, sendo socorrido por seu cunhado, que estava com ferimentos leves na região do pescoço. Segundo o cunhado da vítima, o acidente aconteceu quando eles tentaram passar entre uma embarcação e a barranca, porém havia uma corda estendida na diagonal. 

Ao avistarem a corda, tardiamente, o cunhado conseguiu erguê-la, retirando do nível das crianças, porém pegando no seu pescoço. Esta mesma corda pegou na região da boca da vítima, provocando lacerações na região da face.    

A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas com dificuldade respiratória, e foi encaminhada ao Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Porto Rico. Chegando no hospital, Waldomiro entrou em parada cardiorrespiratória e recebeu massagem cardíaca por cerca de 22 minutos, mas ele não resistiu, vindo à óbito às 19h04. Waldomiro Esperidião Junior era médico anestesista da Santa Casa de Paranavaí. 


Fonte:

Deixe seu comentário