Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

BONDADE

Morador de rua pede para aparar barba e ganha uma transformação em Douradina

Profissional da tesoura realizou uma verdadeira transformação no morador de rua, identificado apenas por Francisco, de 57 anos

Postado em 02/06/2020 às 16:05 |

O barbeiro realizou uma verdadeira transformação no morador de rua, identificado apenas por Francisco, de 57 anos. (Foto: Moacir Caires de Almeida)

O barbeiro Moacir Caires de Almeida, de 52 anos, é um exemplo de como a gentileza pode trazer muito alento e alegria para o coração daqueles que estão necessitando de bondade. Na quarta-feira (27), ele recebeu a visita de um morador de rua em sua barbearia, localizada em Douradina (a 59 quilômetros de Umuarama), que lhe pediu se era possível apenas aparar a sua barba, que estava muito grande.

Tocado pelo pedido, o barbeiro realizou uma verdadeira transformação no morador de rua, identificado apenas por Francisco, de 57 anos. “Eu perguntei se ele queria que eu cortasse a sua barba e cabelo, eu sempre tenho essa atitude, é o mínimo que a gente pode fazer por essas pessoas, é o bem ao próximo”, disse o profissional das tesouras que começou na profissão aos 13 anos de idade.

Diante da proposta, o morador de rua imediatamente aceitou a gentileza. As fotos do senhor Francisco, esse paulista que em suas andanças já passou por Umuarama, ganharam as redes sociais após serem colocadas nos perfis sociais da barbearia. “Eu o atendi como atendo qualquer outro cliente, inclusive ele esperou o atendimento, e eu fiz as fotos como faço dos demais que passam pela barbearia, colocando o antes e o depois”, destacou Almeida.

Justamente essas fotos com o antes e depois do morador de rua que viralizaram na internet, ganhando curtidas, compartilhamentos e, principalmente, muitos comentários enaltecendo a atitude de Almeida. “Ele estava com uma blusa, mas mesmo assim eu perguntei se ele estava com frio e que precisava se cuidar ao dormir pela rua e que eu sempre estaria aqui para atendê-lo”, conclui.

Veja a transformação:


Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas