Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

LITORAL

Água mais limpa, verão mais saudável e comunidade mais consciente

O índice de balneabilidade do litoral paranaense é de 98%. Água limpa e areia sem sujeira ajudam a fazer um verão ainda mais bonito

Postado em 09/01/2018 às 08:35 |

Veranistas curtindo o litoral do Paraná (Foto: Divulgação/IAP)

Sombra, calor, água fresca e limpinha! Quem vai curtir o verão nas praias do Paraná pode aproveitar o descanso com tranquilidade. O estado lidera, mais uma vez, o ranking de balneabilidade do Brasil. A medição da qualidade da água do mar é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente, que tem como objetivo garantir a saúde dos veranistas em todo o litoral brasileiro.

Por aqui, a análise é feita pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que mede a quantidade de esgoto presente nos principais pontos onde os banhistas aproveitam a temporada. Para isso, utiliza alguns indicadores. O Escherichia coli é um deles: a bactéria presente em fezes de humanos e animais contamina a água e causa algumas doenças que podem estragar o verão da família toda.

As praias do Paraná têm apresentado resultados excelentes todos os anos. Entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017, por exemplo, o boletim de balneabilidade do IAP apontou que 98% do litoral tinha águas próprias para banho. Os boletins são semanais e o monitoramento da qualidade da água é feito durante toda a temporada.

Quem quiser saber se a água está limpinha só precisa ficar de olho nas bandeiras fixadas na beira do mar. São duas: a azul indica que a qualidade da água está própria para banho, enquanto a vermelha indica que está imprópria.

Água mais limpa, verão mais saudável e comunidade mais consciente


Os bons números são resultado de um trabalho que começa bem antes da temporada, por meio de um programa de coleta e tratamento de resíduos domiciliares nos municípios do litoral, realizado pela Sanepar. A companhia tem investido em obras de ligação de esgoto e atividades de educação e conscientização junto à comunidade litorânea. Somente em 2017, foram mais de 200 milhões de reais investidos para garantir a balneabilidade das águas durante o ano todo. Mas não é só o esgoto que deixa a praia suja. Jogar lixo na areia, “esquecer” um restinho de comida e até deixar o cachorro se aliviar na beira da praia são hábitos ruins, que reduzem a qualidade da água, geram desconforto e atrapalham a diversão.

Praia limpa e bonita também depende de você

Para garantir que o mar esteja limpinho e pronto para aquele banho de mar refrescante, os veranistas também precisam colaborar. Sabia que cada resto de alimento, latinha de refrigerante ou lixo que você deixa na praia interfere na balneabilidade? São resíduos que também acumulam bactérias e favorecem a contaminação. Além disso, deixam a praia suja! Vamos combinar: nada melhor do que chegar na beira da praia e encontrá-la limpinha, pronta para receber a família toda.

Se o índice de balneabilidade está ótimo, a limpeza das praias ainda precisa de uma forcinha dos veranistas. No verão passado, somente nos primeiros dias do Verão Paraná, a Sanepar já tinha retirado quase 600 toneladas de lixo das areias do nosso litoral. Todas as noites acontece um verdadeiro mutirão na beira da praia. Os caminhões da Sanepar estacionam perto da faixa de areia, uma grande equipe recolhe o lixo e seis máquinas saneadoras revolvem a areia para tirar os resíduos que sobram.


É por isso que quando você chega à praia cedinho a areia está limpa outra vez. Seria ainda melhor se cada um fizesse a sua parte. Que tal transformar a limpeza da areia em rotina? Na hora de recolher as cadeiras e o guarda-sol, recolha também suas latinhas, guardanapos, garrafas, restos de alimentos e deposite-os nas lixeiras que ficam espalhadas pela orla. É a maneira mais simples de contribuir para que todo mundo tenha um verão mais limpo, saudável e bonito!

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas