Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

ECONOMIA

Preço médio do gás de cozinha ultrapassa a marca de R$ 100 em Maringá, diz ANP

Desde o começo do ano, botijão de 13 kg sofreu aumento de 34,8%, na cidade, de acordo com o levantamento

Postado em 21/07/2021 às 16:32 |

Foz do Iguaçu tem o preço mais caro, enquanto Paranaguá o mais barato (Foto: G1 Norte e Noroeste)

O preço médio do gás de cozinha bateu a marca de R$ 100, em Maringá, no norte do Paraná, de acordo com um levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O valor é o maior já registrado desde o início da série histórica.

Segundo a agência, o preço médio dos botijões encerrou a última semana em R$ 101,47, em Maringá. A média foi calculada com base nos valores encontrados em 15 distribuidoras.

Os preços praticados na cidade, segundo a pesquisa, variam de R$ 90 e R$ 110. O levantamento foi feito entre 11 e 17 de julho.

Um botijão de 13 kg de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), usado para cozinhar, custa R$ 16 mais caro para os moradores de Maringá do que para quem mora em Paranaguá, no litoral, que é a cidade com o preço mais em conta no estado.

O levantamento foi feito em 19 cidades do Paraná. O maior preço médio está em Foz do Iguaçu, com R$ 105. O segundo maior preço é de Campo Mourão, com R$ 102,11. Maringá aparece em terceiro.

Desde janeiro, a Petrobras reajustou em 38% o produto.

Em Maringá, no início deste ano, o preço médio do gás era de R$ 75,24. Sendo assim, do início do ano pra cá, o aumento do preço do gás é de 34,8%, na cidade.

Fonte:

Receba as notícias de Cruzeiro do Oeste no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">