Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

NATUREZA

Seca prolongada baixa a vazão do Rio Iguaçu e muda o visual das Cataratas

A vazão baixa está relacionada à falta de chuva e à economia de água nos reservatórios de usinas hidrelétricas instaladas no Rio Iguaçu

Postado em 02/04/2020 às 14:30

As visitas nas Cataratas do Iguaçu estão suspensas para se evitar aglomerações e o contágio do coronavírus. (Foto: Divulgação )

A seca prolongada mudou o visual das Cataratas do Iguaçu – um dos principais cenários turísticos do Brasil. Normalmente a vazão chega a 1,5 milhão de litros por segundo, mas nesta quarta-feira (1º), estava abaixo da metade deste volume.

A vazão baixa está relacionada à falta de chuva e à economia de água nos reservatórios do Rio Iguaçu, que comporta seis usinas hidrelétricas, e também em outras bacias que produzem energia elétrica, segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

As visitas nas Cataratas do Iguaçu estão suspensas. A medida ocorre em função do alinhamento do parque com a política do Governo Federal de gestão de crise causada pelo coronavírus. O cancelamento das visitas é aplicado para evitar aglomerações.



Fonte:

Receba as notícias de Cruzeiro do Oeste no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">