Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

AFASTADO

Por seis votos a dois, Beto é afastado do cargo

Câmara afasta prefeito Beto Sobrinho por 180 dias e instaura uma comissão para investigar possíveis infrações

Postado em 14/06/2018 às 23:01 |

Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Oeste (Foto: Anderson Brandani)

Em votação extraordinária nesta quinta-feira (14), a Câmara afastou o prefeito Beto Sobrinho para realizar a investigação da denúncia protocolada no dia 08 de junho pelo vereador Aparecido Delfino dos Santos (Cidinho). Amanhã (15), até às 15h, o prefeito será notificado e deixará a prefeitura imediatamente.

 

Nesta noite, às 19h30, a Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Oeste recebeu dezenas de populares, imprensa e autoriades que acompanharam a votação extraordinária da DENÚNCIA DE INFRAÇÃO POLÍTICA-ADMINISTRATIVA COM PEDIDO DE CASSAÇÃO DE MANDATO protocolada no dia 08/06/2018 – PROTOCOLO 101/2018.

 

Logo no início da sessão o presidente Tadashi realizou a posse temporária do vereador suplente Osório Moreira Couto, que foi convocado para votar no lugar do vereador Cidinho, que por ser denunciante é proibido por lei de votar.

 


Em seguida a 1ª Secretária, Nádya Masse fez a leitura das 25 páginas da denuncia que contém 6 fatos pelos quais Beto está sendo acusado. Entenda a denuncia clicando aqui.

 

Após a denuncia ser lida o presidente abriu a palavra aos vereadores. A primeira a fazer uso foi Rosy Anne Almodovas Rodrigues, que primeiramente informou que por ser parente em primeiro grau da vice-prefeita Helena não votaria. Rosy Anne afirmou que a denúncia contra Beto era inevitável, que mesmo se o vereador Cidinho não tivesse realizado, ela, em parceria com outros vereadores, o faria. A vereadora também falou sobre uma série de outras desconfianças que tem sobre as contas do município, gastos excessivos com combustível, material para construção, materiais escolares entre outros.

 

O próximo a falar foi o vereador Percival Pretti, também impossibilitado de votar por parentesco em primeiro grau com o secretário de saúde da gestão. Percival ressaltou várias vezes que a votação desta denúncia é um estado democrático de direito e repudiou calunias e difamações que os vereadores sofreram esta semana através das redes sociais.

 

Na sequência, a vereadora Imaculada fez uso da palavra e salientou o compromisso da câmara com a imparcialidade e afirmou que o prefeito deve uma explicação a cada fato descrito na denúncia apresentada. “Se eu não devo, que eu prove que eu não devo. Nós vamos fazer o que o povo que nos elegeu está esperando de nós.” Ressaltou a vereadora.

 

A próxima vereadora a falar foi Nádya Massé que fez um comparativo do processo de investigação contra Beto com as investigações que estão sento feitas na esfera federal. também salientou que a denúncia em questão não é calunia e difamação e que a votação não é sobre a pessoa do prefeito, mas sim pelos fatos que necessitam de esclarecimento.

 

Por fim, o vereador Euclides dos Santos (Cheirinho) fez uso da palavra e lamentou os ataques pessoais que vem sofrendo. “Qualquer um fala mal do legislativo, xinga, fala coisas absurdas e nós temos que engolir.” Também ressaltou que o requerimento se trata de um afastamento e que o prefeito terá a oportunidade de se defender caso não tenha cometido nenhuma infração.

 

A VOTAÇÃO

 

Dos 8 vereadores que estavam habilitados para votar apenas 2 se opuseram ao prosseguimento da matéria, os vereadores Milton de Freitas e Rene Vilas Boas Galvão, que receberam críticas da população presente no plenário. Por 6 votos a 2 o prefeito Beto será afastado do cargo por 180 dias para que sejam realizadas as investigações sobre os fatos contidos na denúncia.

 

FORMAÇÃO DA COMISSÃO

 

Após ser aprovada a matéria foi realizado o sorteio dos vereadores que irão compor a comissão investigativa. Apenas 6 vereadores não tinham impedimentos legais (partido, parentesco) para participar, são eles: Cida, Cheirinho, Imaculada, Milton, Nádya e Rene.

 

Os vereadores sorteados foram:

 

Nádya Correa Massé

Aparecida Nunes Gonçalves

Rubens Rodrigues de Almeida

 

A comissão terá até às 15h de amanhã (15) para elegerem um presidente e um relator. Após serem definidos os cargos o prefeito Beto será notificado e começa a cumprir imediatamente o afastamento do cargo.

 

QUEM ASSUME A PREFEITURA?

 

A vice-prefeita Helena Bertoco assumirá o cargo de Beto até o fim da investigação.

Fonte:

Deixe seu comentário