Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

Superação

Aluno exemplar vai da escola pública para o sonhado curso superior de Medicina

De origem humilde, jovem derrubou barreiras sociais e hoje inicia uma nova caminhada, rumo ao seu sonho

Postado em 12/02/2019 às 09:49 |

(Foto: Umuarama Ilustrado )

Não basta querer, tem que ter força de vontade e empenho. Este é o conselho do jovem Davi Correa Pereira, de 19 anos, morador de Xambrê. Ele conquistou o 1º lugar no ProUni para Medicina da Universidade Paranaense (Unipar), em Umuarama. De origem humilde, Pereira derrubou barreiras sociais e hoje inicia uma nova caminhada, rumo ao seu sonho.

Em conversa com a reportagem do Jornal Umuarama Ilustrado, Davi Correa Pereira relembrou de como foi difícil a caminhada, até ser aprovado em um dos cursos mais concorridos do Brasil. Entretanto, o jovem ressalta que mesmo na dificuldade, ele é um exemplo de que nada é impossível. “Minha família vem de uma origem humilde. Eu, minhã mãe e minhas três irmãs viemos para Xambrê morar com minha avó, devido as dificuldades financeiras”, disse.

Neste cenário de obstáculos, o estudante sempre gostou de aprender e tirava boas notas no ensino fundamental, que cursou no colégio público de Xambrê. “Quando eu conseguia, ia para escola até no período da tarde, sempre gostei de estudar. No momento que eu vi uma oportunidade de fazer o ensino médio no Colégio Alfa, em Umuarama, eu agarrei com força”, lembrou.

Davi sabia que precisa se esforçar e por isso participou do processo seletivo para bolsista no Colégio Alfa de Umuarama. Ele conseguiu e durante os três anos do Ensino Médio, pegava o ônibus em Xambrê rumo Umuarama e só voltava no fim da tarde. “Consegui uma bolsa integral, com uma vaga de monitor de sala. Para um jovem sem condições, tive que fazer muito esforço para manter essa rotina, tanto psicológico como financeiro”, contou.

Medicina

Davi Pereira não queria outro curso, seu o sonho era medicina. Entretanto, tinha uma situação, ele não queria deixar a mãe sozinho, principalmente depois do falecimento de sua avó. “Não podia ser uma faculdade longe, pela minha mãe e também, as condições de moradia e transporte. Então eu foquei no Enem”, disse.

Depois do 3º Ano do Ensino Médio, o jovem conseguiu ainda fazer mais dois anos de cursinho no Colégio Alfa, até chegar ao 1º no Prouni para Medicina na Unipar. “Nunca desanimei pensava que uma hora eu conseguiria. Até a família estava meio desanimada e pedia para eu fazer outra coisa. Mas eu mantive meu caminho e no foco. Consegui, passar em Medicina com nota 791 do Enem”, comentou Pereira.

Agora o entrevistado disse que quer se dedicar ao curso, pois teve ajuda de muitas pessoas para chegar onde está. “Quero retribuir. Tive muita ajuda de amigos, professores e família. Tive professores que pagaram cursos para mim, pois eu não tinha condições. Então, meu desejo é retribuir para comunidade e me dedicar as pessoas”, ressaltou.

Fonte:

Deixe seu comentário